Archive for February 2010

Você quer aprender a programar, use o SmallBasic da Microsoft

Para você que está querendo começar a programar, a Microsoft tem uma ferramenta muito interessante chamada Small Basic, que consiste em um ambiente onde você consegue executar programas, mas sem uma linguagem específica, ou seja, você não vai usar C# ou VB.Net, mas uma linguagem que vai mais para o lado funcional, sem tipos pré-definidos.

O Small Basic não é uma ferramenta nova, ela já existe há mais de um ano, mas a grande novidade é que agora o ambiente está totalmente em português, vejam:

image

Um a coisa muito interessante no Small Basic é o intelisence, muito rico em informações:

image

Agora vejam como é simples escrever um programa no Small Basic:

image

Vejam como é simples, TextWindow trabalha no modo texto e GraphicsWindow no modo gráfico, e olhem também que você simplesmente escrever que “variável” é igual a alguma coisa.

Outra coisa muito legal do Small Basic é a linguagem LOGO , muito interessante para crianças, vejam o exemplo:

image

Este código faz a tartaruga desenhar um quadrado na tela.

Isto foi só para vocês verem como é simples usar a ferramenta, e eu realmente, recomendo muito a utilização para iniciantes m programação.

Junto com a ferramenta existe um arquivo PDF com diversos exemplos de como escrever em Small Basic, e você pode ainda exportar seu programa para a web e importar diversos exemplos prontos.

Outra novidade é que você pode exportar o programa para o Visual Studiio, através do botão “Graduar”.

Download do Small Basic

[]s,

Carlos.

Visual Studio 2010 – Fantástico recurso de visualização de classes

Pessoal,

Eu estava vendo um post sobre um recurso excelente do Visual Studio 2010. O recurso, é a visualização das classes do projetos e as dependências.

Para ver isto no seu projeto, no Visual Studio 2010 Ultimate, abra o menu Architecture/Generate Dependency Graph:

image

Você pode gerar o gráfico de várias maneiras, mas no meu exemplo, escolhi By Class:

image

Agora você clica em alguma classe:

image

E vai vendo os métodos e as dependências. Realmente muito útil.

Mas tem mais ainda, o mesmo post trata de uma ferramenta chamada  GCRootToDGML tool, que monta um gráfico ainda mais interessante, onde você pode navegar entre todas as classes do projeto, inclusive as do Framework.

Assistam o vídeo aqui (em inglês apenas), é realmente muito interessante.

[]s,